RAIMUNDO LOPES DIZ QUE PRETENDE ENCERRAR O ANO PRODUZINDO NA CUTIA

Foi durante a Assembleia Geral Ordinária – AGO, realizada na manhã de ontem, domingo dia 26 na sede da cooperativa na vila Cutionópolis à 20 quilômetros do município de Curionópolis que o presidente da entidade Raimundo Lopes falou da pretensão.

A Assembleia tinha como Ordem do Dia a apreciação e votação da prestação de contas do exercício de 2016 e ainda a votação e posse do Conselho Fiscal conforme reza a Lei do cooperativismo que determina o exercício do Conselho Fiscal de um ano.

Em apreciação e votação as contas da diretoria da cooperativa composta pelo presidente Raimundo Lopes, diretor administrativo Ranilton Fernandes e diretor financeiro Francisco Correia foram aprovadas por unanimidade.

Em seguida foi colocada em votação a única chapa inscrita para o Conselho Fiscal, presidida pelo sócio João Moreira Dias e composta por três membros efetivos e três suplentes. A Assembleia também votou a favor da chapa que foi eleita e empossada.

Na oportunidade o vereador Aderbal da Serra Pelada – DEM disse que enquanto Legislador está apoiando as ações da COOMIC, e também conta com apoio de toda a Câmara de Curionópolis, uma vez que esse é um projeto importante para o município e para toda sociedade garimpeira da Cutia. “Não só eu e meus colegas vereadores, mas nosso prefeito Adonei Aguiar – DEM, também está apoiando e se colocou à disposição para ajudar no que for possível para o desenvolvimento do projeto e também do nosso município”, afirmou o vereador.

No encerramento da Assembleia o presidente Raimundo Lopes agradeceu a presença de todos e explicou como andam os projetos da cooperativa. “É um prazer recebê-los em nossa sede e nos deixa muito feliz que todos vocês tenham saído de suas casas em várias regiões do país para cuidar do que é seu, porque a cooperativa é um patrimônio nosso, de todos os sócios da COOMIC”, disse o presidente.

Raimundo Lopes afirmou ainda que acredita que até o final do ano a mina esteja produzindo e explicou: “A parte documental já conseguimos, graças a Deus, e digo mais, além da liberação beneficiar o ouro, também conseguimos autorização para beneficiar e comercializar o cobre”, comemorou.

Em suas palavras o presidente disse ainda que a área onde será implantado o projeto já está em faze final de preparação, e que os equipamentos necessários que são importados já se encontram no Brasil, e já estão em Marabá em breve chegarão a vila da Cutia na área do empreendimento.

Fechando a AGO o presidente Raimundo Lopes agradeceu a Deus, aos sócios e fez menção de sua fé: “Acredito que Deus vai continuar nos abençoando, com ele nos guiando e iluminando tudo correra bem assim que tiver tudo pronto estaremos anunciando para que toda sociedade possa se fazer presente na inauguração do nosso grande projeto”, finalizou Raimundo Lopes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *